Escola da Ponte


Era preciso repensar a escola, pô-la em causa. A que existia não funcionava ,os professores precisavam mais de interrogações do que de certezas. Concluímos que só pode haver um projecto quando todos se conhecem entre si e se reconhecem em objectivos comuns. Apercebemo-nos que um dos maiores óbices ao desenvolvimento de projectos educativos consistia na prática de uma monodocência redutora que remetia os professores para o isolamento de espaços e tempos justapostos, entregues a si próprios e à crença numa especialização generalista. Percebemos que se há alunos com dificuldades de aprendizagem, também os professores têm dificuldades de ensino.
Obrigar cada um a ser um outro-igual-a todos, é negar a possibilidade de existir como pessoa livre e consciente A escolinha era do "plano dos centenários", tinha duas salas e cada sala a sua entrada.
Grandes males, grandes remédios! Num belo dia, vá de deitar abaixo a parede que as dividia. Limpada a caliça, os putos espreitaram para o outro lado. Lá estavam meninas e meninos iguais aos do lado de cá... O buraco estava aberto e nem pensar em tapá-lo. Veio o trolha a mando da Junta de Freguesia e fez do feio buraco um belo pórtico comum a dois universos que passaram a ser um só. Onde antes estava uma parede que dividia achava-se agora uma passagem que juntava.
Na nossa escola todos trabalham com todos. Assim, nem um aluno é aluno de um professor mas sim de todos os professores, nem um professor é professor de alguns alunos, é professor de todos os alunos. Os professores rodam pelos diferentes espaços de tempos a tempos, de modo a que possam trabalhar com todos os alunos. Por outro lado, cada uma das expressões é trabalhada por um grupo de dois professores. Como é lógico tem-se sempre o cuidado de assegurar a continuidade do trabalho que se está a desenvolver, não havendo quebras acentuadas do ambiente de trabalho.

Hoje, a nossa Escola assenta na autonomia dos alunos.
Apesar de estar inserida no sistema oficial de ensino, tem deparado com muitas barreiras quanto ao reconhecimento das virtualidades de uma aprendizagem alicerçada em valores como a solidariedade e a co-responsabilização dos educandos. Um modelo pedagógico que começa finalmente a servir de inspiração a outras escolas.

Pesquisar neste blogue

A carregar...

segunda-feira, 4 de junho de 2012

A Ponte no II Sarau Cultural

No passado dia 11 de maio, a Escola da Ponte participou no II Sarau Cultural que decorreu em Santo Tirso.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Sarau de Reis

13/01/2012 - Vila da Aves

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Programa Fantástico visita a Escola da Ponte

Um grupo de professores atravessou o Atlântico e veio conhecer a realidade do nosso projeto. A visita inseriu-se numa série de programas realizados pela TV Globo.
Agradecemos a visita e guardamos o momento com muito carinho.
Aqui fica a ligação para este testemunho.
http://tinyurl.com/cuu7zwf

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Programa Comenius - Rádio Ponte

Emissão de Novembro

Programa dedicado ao Projeto Comenius. Inclui ainda, várias rubricas criadas e dinamizadas pelos alunos da Responsabilidade da Rádio.

Programa Comenius by RadioPonte

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Processo eleitoral 2011/2012

Decorrido o processo eleitoral e instalada a Assembleia de Alunos da Escola da Ponte, partilhamos um registo sobre este momento único.


quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Antigos Alunos da ESCOLA DA PONTE!

Vamos realizar o nosso primeiro encontro no próximo dia 7 de Setembro (quarta-feira) às 11 horas, na ESCOLA DA PONTE! Vamos lembrar, com as nossas famílias, todas as alegrias dos "velhos tempos", que não precisam ser assim tão velhos, matar saudades dos tempos vividos em comum e delinear algo em conjunto para o futuro...